Aqui está o seu guia definitivo para a proteção do código-fonte

O código-fonte é um tipo valioso de propriedade intelectual que pode ser difícil de proteger. Se o código-fonte vazar ou for roubado, ele pode causar grandes danos à sua organização. Protegê-lo deve estar entre suas prioridades, se ainda não estiver.

Com o aumento das regulamentações de proteção de dados, as empresas em todo o mundo se concentram mais na segurança cibernética, especialmente na segurança e privacidade de informações confidenciais, como dados de clientes. No entanto, uma estratégia de segurança de dados eficiente deve abranger a proteção da propriedade intelectual (PI) e segredos comerciais também.

Dependendo do setor, o IP pode significar coisas diferentes. Para empresas de tecnologia, o IP geralmente pode assumir a forma de código-fonte proprietário. No entanto, toda organização que depende do código-fonte para sua operação também possui algum IP em seu código que deve ser protegido. Pode ser um algoritmo desenvolvido recentemente, relacionado ao processamento de pagamento ou detecção de fraude e outros elementos críticos de negócios executados digitalmente. Se o valor central do seu negócio reside nessa propriedade intelectual, protegê-la é fundamental para garantir o sucesso, a saúde e, em última análise, o futuro do seu negócio.

Por que você precisa de proteção de código-fonte?

Nos últimos anos, os esforços para comprometer dispositivos, aplicativos e software aumentaram porque as recompensas podem ser altamente valiosas. O código-fonte desempenha um papel crítico na construção de aplicativos, tornando-o uma informação proprietária crucial, mas geralmente é deixado de fora das considerações de segurança. Seu código-fonte pode conter segredos, como API ou chaves de criptografia, tokens OAuth, senhas e muito mais. Eles estão disponíveis para todos os contribuidores do repositório, o que significa que eles podem cloná-lo, copiá-lo e distribuí-lo. Todas essas cópias fornecem acesso autorizado ao seu sistema.

Lidar com a maioria dos problemas de segurança vinculados ao código-fonte pode parecer uma corrida contra o tempo, mas o que as empresas devem ter em mente é que não podem contar com medidas e métodos desatualizados, pois muitas vezes não oferecem muita segurança.

Muitas organizações continuam a negligenciar a proteção do código-fonte, embora grandes empresas como Adobe, Mercedes-Benz, Nissan ou Microsoft tenham seu código-fonte vazado e vulnerabilidades expostas. Até mesmo o GitHub teve um vazamento de código no início de novembro de 2020. O roubo de código-fonte é um problema para qualquer empresa que desenvolve seus próprios produtos de software, independentemente de ser uma startup, uma pequena e média empresa ou uma empresa.

As organizações precisam proteger seu valioso código-fonte de ameaças externas e internas. Se vazar ou for roubado, o código-fonte pode não apenas dar aos seus concorrentes uma vantagem no desenvolvimento de novos produtos, causando danos financeiros ao seu negócio, mas invasores mal-intencionados também podem usá-lo para explorar vulnerabilidades. Além de danos competitivos e financeiros, pode até mesmo arruinar sua empresa se cair nas mãos erradas.

A segurança do código-fonte é vital para a saúde da sua organização, especialmente se você equilibrar os riscos potenciais e os impactos nos negócios que as vulnerabilidades de segurança podem ter.

Como proteger o código-fonte?

Seu código-fonte pode ser melhor protegido por meio de uma abordagem em camadas. Isso é necessário para evitar sua perda, que pode causar danos à reputação e perda de vantagem competitiva para sua empresa, mas também pode vir com multas regulatórias. Além do mais, o código-fonte inseguro pode resultar no comprometimento de outros dados confidenciais.

Vamos verificar o que você pode fazer para proteger seu código-fonte com eficiência:

Política de proteção do código fonte

Configure uma política de proteção de código-fonte definindo um conjunto de regras, requisitos e procedimentos para lidar e proteger o código. Esta política ajudará a proteger o software e os dispositivos de ameaças como engenharia reversa e violação de código. Deve incluir acesso seguro e uso de repositórios de código-fonte, como Git e Apache Subversion, protocolos de criptografia, proteção de aplicativos, processos de blindagem e métodos de proteção no aplicativo. Sua política de proteção de código-fonte também deve envolver documentação e treinamento em práticas seguras de codificação e incorporação de metodologias seguras de desenvolvimento no ciclo de vida de desenvolvimento de software.

Controle de acesso

Defina quem tem permissão para acessar o código-fonte e os repositórios de código-fonte. Há pouca ou nenhuma razão para que alguém além de funcionários práticos trabalhe com seu código-fonte, mas mesmo para aqueles que trabalham, configure a autenticação de dois fatores. Desta forma, você pode garantir que nenhum personagem suspeito encontre seu caminho em seu código-fonte. Por meio de autenticação e autorização, as políticas de controle de acesso garantem que os usuários sejam quem dizem e que tenham acesso adequado aos dados da empresa.

Criptografia e monitoramento

Certifique-se de ter a capacidade de criptografar dados confidenciais em trânsito e em repouso. Também é importante monitorar seus dados o tempo todo e ser alertado quando qualquer atividade suspeita vier à tona. Dessa forma, você pode estar pronto para agir rapidamente, seja para rastrear, limitar ou reverter o dano. Você também pode evitá-lo antes que qualquer dano real aconteça.

Ferramentas de segurança de rede

A implementação de soluções de segurança de rede, como firewalls, Redes Privadas Virtuais (VPN), software antivírus e anti-malware contam como proteção básica. Essas soluções protegem seu código-fonte de explorações externas e garantem o compartilhamento seguro de dados entre funcionários e fontes de dados.

Soluções de segurança de endpoint

Não se esqueça de proteger seus endpoints ou pontos de entrada de dispositivos de usuário final, como desktops e laptops, de atividades arriscadas e ataques maliciosos com software de segurança de endpoint. As soluções de prevenção de perda de dados (DLP) podem impedir com eficiência que seu código-fonte saia do endpoint e interromper a exfiltração do código-fonte. Essas ferramentas podem proteger informações confidenciais em ambientes físicos e virtuais, independentemente da localização física do endpoint e se ele está conectado à Internet ou não. DLPs de endpoint oferecem a possibilidade de rastrear a movimentação de dados confidenciais e tomar ações de remediação.

Patentes e direitos autorais

Certifique-se de que todos os seus conceitos e invenções relacionados ao software estão protegidos pela lei de direitos autorais e patentes necessárias. A principal diferença entre os dois é que, embora as patentes protejam a ideia, os direitos autorais protegem o código escrito. Como as invenções relacionadas a software são cada vez mais populares, você deve tratar essas informações proprietárias como qualquer outra propriedade intelectual.

Como o Endpoint Protector pode proteger seu código-fonte?

Endpoint Protector é uma solução DLP que monitora todas as transferências e uploads de arquivos, ajudando você a evitar vazamentos de código-fonte de usuários internos não intencionais e mal-intencionados. É um software DLP de plataforma cruzada que pode proteger seu valioso código-fonte, independentemente do sistema operacional. Com ele, você também pode controlar as portas USB e periféricas dos dispositivos em sua organização e evitar vazamento e roubo de código-fonte, sendo copiado para dispositivos de armazenamento portáteis. Você pode limitar o uso de portas USB e periféricas a dispositivos autorizados pela empresa. Além do mais, você também pode garantir que todos os dados da empresa copiados em USBs serão criptografados automaticamente com criptografia de modo CBC 256 bits aprovada pelo governo.

É fácil criar políticas DLP personalizadas, definindo o código-fonte como dados confidenciais e aplicando políticas de proteção a eles. Enquanto muitas ferramentas DLP lutam para identificar com precisão as linguagens de programação devido às bibliotecas complexas necessárias para isso, o Endpoint Protector revolucionou a detecção de código-fonte implementando a categorização de texto baseada em N-gram. Assim, ele identifica linguagens de programação com uma taxa de precisão de até 98%. Uma vez que você possa identificar com precisão o código-fonte, as políticas de DLP podem ser aplicadas com eficiência para monitorá-lo e protegê-lo.

O Endpoint Protector também fornece alertas e relatórios em tempo real para prevenção ou mitigação de incidentes de segurança de dados mais rápida e precisa.

SOLICITE UMA DEMO
* Nós não compartilhamos suas informações pessoais com ninguém. Confira nossa Política de Privacidade Para mais informações.